7 dicas práticas para sair das dívidas

7 dicas práticas para sair das dívidas

Apesar dessa ser uma situação difícil e estressante, é possível sair das dívidas adotando novos hábitos de consumo e possuindo uma organização financeira mais cuidadosa, a qual contribui para que as pessoas tenham uma nova perspectiva sobre os seus ganhos e gastos. Para ajudar nesse processo, a seguir temos 7 dicas importantíssimas de como se reestruturar financeiramente e quitar as dívidas.

 

1. Conheça o valor exato de quanto está devendo

Primeiro, para se livrar das dívidas, é necessário saber o seu valor exato e todos os credores. Esse processo pode ser um pouco cansativo, porém, é muito importante. Para concluí-lo, organize uma lista com todas as dívidas, incluindo os valores já com juros, e os respectivos credores. Esse é o pontapé inicial para uma reorganização, e caso não seja feito, são grandes as chances da situação se agravar ainda mais. Ao saber o valor total, é mais fácil tomar a decisão do que fazer para colocar as finanças em dia.



2. Calcule todos os gastos fixos, e também os variáveis

Depois de descobrir o valor da dívida, é a hora de calcular as despesas diárias e mensais. Para isso, é preciso fazer um registro detalhado de todo o dinheiro gasto, desde as contas mais caras até o cafezinho, sendo possível utilizar algum aplicativo que ajude a manter a organização nesse sentido. Fazendo isso, é possível perceber quais despesas estão pesando no orçamento e de estas podem ser reduzidas ou até mesmo anuladas.

 

3. Corte os gastos supérfluos

O controle das despesas é um passo importante na restauração das finanças para quem deseja quitar as dívidas. O ideal é começar cortando os gastos extras, como idas ao cabeleireiro, saídas a restaurantes e despesas com lazer, em geral. Depois disso, o passo seguinte é diminuir os valores mensais destinados a contas como telefone e eletricidade.

 

4. Tenha uma reserva para emergências

É essencial possuir um fundo de emergências caso aconteça uma situação inusitada, como uma perda súbita de emprego ou uma doença familiar. Conforme for regularizando a situação financeira para finalmente sair das dívidas, uma parte dos ganhos deve ser destinada a essa reserva, algo entre 5% a 10% do salário mensal.

 

5. Estabeleça uma meta mensal para destinar às dívidas

A verdade é que, no passo a passo de como sair das dívidas, não existe outra saída senão economizar e reduzir despesas. Após saber exatamente quanto se está devendo, estabeleça uma meta mensal para destinar a esse fim. O indicado é reservar cerca de 15% da renda para isso. Em situações mais sérias, é necessário apertar separar uma porcentagem ainda maior para poder sair do vermelho.

 

6. Converse com os credores

Depois de verificar quanto dinheiro é possível destinar ao mês para quitar as dívidas, uma ótima sugestão é entrar em contato com os credores e tentar negociar diretamente as melhores condições para o pagamento do montante das dívidas, pois em muitos casos, há a chance de conseguir parcelar e até mesmo obter algum abatimento.

 

7. Evite comprar parcelado

Por fim, os analisas financeiros pedem atenção em relação as compras parceladas, pois as mesmas podem passar a falsa impressão de que não irão afetar no orçamento. Contudo, pequenas parcelas ao se acumularem podem causar grandes prejuízos, o que torna o parcelamento um item que deve ser evitado sempre que possível.

Ainda com dúvidas sobre como sair das dívidas e regularizar sua vida financeira? Acesse a Kreditiweb, uma plataforma completa e fácil de utilizar, na qual é possível comparar as condições de empréstimos em dezenas de instituições bancárias diferentes.

 


Busca um empréstimo?


Na Kreditiweb analisamos o teu caso pessoalmente e encontramos os produtos que mais adaptam-se ao teu perfil.

  • Com as melhores condições
  • Resposta em 2 minutos
  • GRÁTIS e sem compromisso
     

Publicado por Kreditiweb

comentarios0 comentários

Deixe um comentário

Ao confirmar o envio da pergunta, você aceita os termos de uso e política de privacidade Termos de Uso e Política de Privacidade.
Cargando

Seu comentário foi adicionado corretamente

Muito obrigado por enviar um comentário. Seu comentário será revisado e se cumpre com os requisitos será publicado.

Erro a adicionar seu comentário