Como está a sua saúde financeira pessoal?

Como está a sua saúde financeira pessoal?

Antes de solicitar um empréstimo, é comum deparar-se com propostas irresistíveis e que possam resolver problemas pontuais, emergências ou imprevistos. Entretanto, para fazer um empréstimo pessoal, é necessário, antes de mais nada, analisar a sua saúde financeira. Isso porque, por mais que não pareça que uma mensalidade irá afetar as suas finanças pessoais, pode ser o início para uma grande dívida e dor de cabeça. 

Fizemos uma seleção de 4 tópicos que consideramos mais importantes para você analisar a sua saúde financeira pessoal. A seguir, você encontrará dicas para tomar a decisão de que realmente recorrer à um empréstimo é a melhor escolha para o seu momento de vida atual.

 



Você está monitorando os seus gastos?


O primeiro item é ter atenção à impulsividade. Pedir um empréstimo sem antes analisar os seus gastos e verificar se há possibilidade de cortar despesas é um erro muito comum. Se você ainda não possui um controle mensal de entradas e saídas, recomendamos abrir um excel para começar hoje mesmo e poder realizar a avaliação da necessidade do empréstimo. Aqui vão algumas perguntas para ajudar você a tomar a sua decisão:
 

  • Quanto você gastou no último mês em cada categoria? Por exemplo, mercado, farmácia, aluguel, restaurantes, etc. 
     

  • A partir dessas informações, você consegue identificar gastos que podem ser cortados temporariamente para que sobre dinheiro no fim do mês para assumir os custos do empréstimo ou para pagar o que você está realmente precisando? Por exemplo, idas a restaurantes.
     

  • Existem contas que podem ser reduzidas? Por exemplo, plano mensal de celular, telefone fixo ou internet.
     

  • Há possibilidade de comprar de marcas mais baratas no mercado ou escolher um mercado mais em conta?
     

Pode parecer simples, mas atualmente, as despesas de mercado e de restaurantes da maioria dos brasileiros são as que mais pesam no orçamento mensal. Repense o que é realmente importante para você nesse momento e analise se ainda será necessário pedir o empréstimo.

 


 

Você segue um padrão de vida abaixo da sua realidade financeira?


Essa é um caminho que poucas pessoas percorrem, mas que é o princípio básico das finanças pessoais: não gaste mais do que você ganha. Viver na beira do orçamento mensal pode ser muito arriscado, já que esse comportamento pode arruinar a sua vida financeira caso, num futuro, acontecerem imprevistos ou emergências.

O ideal é que você viva com um padrão menor da sua renda mensal porque, além de ter um valor de sobra para criar a sua reserva financeira, você terá mais tranquilidade e segurança.

Se você já tem um padrão de vida abaixo da sua realidade financeira, é um bom sinal! E se, ainda assim, precisar de um empréstimo, confiamos que você está fazendo uma escolha responsável e porque realmente precisa. 

 



Você tem uma reserva de emergência? 

 

A reserva de emergência, como o próprio nome diz, é justamente um dinheiro extra para um momento emergencial em que você tenha segurança e tranquilidade. Ele pode ser usado para o que você considerar uma emergência - desde que não sejam corriqueiras e por coisas supérfluas - e é recomendado para quitar débitos sem grandes perdas de padrão de vida em momentos de dificuldade. 

Para criar a sua reserva de emergência, é importante seguir o passo anterior e definir um valor fixo mensal para ser poupado. Por mais que esse valor seja pequeno, recomendamos fazê-lo já que é importante realizar esse passo para que você tenha uma rotina de investimento.

Em seguida, é necessário escolher onde investir o seu dinheiro mensalmente - não vale deixar na poupança viu? Aproveite esse momento para analisar o seu perfil de investidor e quais produtos combinam mais com o que você deseja. Para esses casos, recomendamos investir em títulos públicos, já que promovem liquidez diária e baixo risco a longo prazo (10, 15 e até 25 anos).

 


 

Você está avaliando o real objetivo de pedir um empréstimo?

 

Chegou o momento de decidir e identificar o motivo e a real necessidade de pedir um empréstimo. Esse também é um ponto importante a discutir para que este não vire uma bola de neve exponencial todo mês.

Se o seu objetivo for utilizá-lo para pagar uma dívida com juros altos como, por exemplo, limite do cheque especial ou fatura do cartão de crédito, pedir um empréstimo pessoal pode diminuir o seu débito já que, ao solicitar o empréstimo você quita a dívida pendente e passa a dever um valor com taxas menores, por exemplo.

Já se o seu objetivo for comprar um carro, pagar alguma viagem ou ter um dinheiro extra para pagar compras não planejadas, recomendamos avaliar novamente os tópicos acima para não entrar em risco de uma situação financeira complicada. 

Outros motivos que podem ser considerados caso você ainda não tenha a sua reserva de emergência: imprevistos de saúde, reforma da casa, novos negócios, etc. Mas lembre-se de sempre fazer uma análise sensata e realista, como conversamos.

 


 

Conclusão

 

Para ter uma saúde financeira que te dê segurança e tranquilidade é necessário disciplina e persistência pois, pode levar um tempo para tê-la saudável. Não se preocupe se realmente a sua necessidade atual for pedir um empréstimo. Queremos que você faça uma escolha consciente e baseada em fatos da sua realidade financeira para não ter complicações ao fazer uma escolha impulsiva. 

Além disso, realize uma pesquisa de todas as opções disponíveis no mercado para poder analisar qual é a melhor opção para a sua realidade financeira. Comparadores financeiros são uma ótima ferramenta, já que é gratuita e oferece propostas personalizadas.

Queremos educar você financeiramente para poder ter a liberdade de fazer as suas próprias escolhas e estar livre de qualquer problema financeiro. Fazer empréstimo não é ruim, só é necessário fazê-lo com consciência e responsabilidade.

Publicado por Kreditiweb

comentarios0 comentários

Deixe um comentário

Ao confirmar o envio da pergunta, você aceita os termos de uso e política de privacidade Termos de Uso e Política de Privacidade.
Cargando

Seu comentário foi adicionado corretamente

Muito obrigado por enviar um comentário. Seu comentário será revisado e se cumpre com os requisitos será publicado.

Erro a adicionar seu comentário