Crédito Habitação

Ao tomar a decisão de pedir um empréstimo para comprar um imóvel, entrará num novo mundo de conceitos. No começo é difícil de compreender todos os termos e como realmente funciona essa modalidade de crédito. Mas estamos aqui para ajudá-lo a esclarecer alguns pontos principais. Continue a ler para saber como encontrar o melhor crédito habitação para si. 

Crédito habitação
Mínimo

0€

Simulação gratuita

Solução ajustada à sua necessidade

Acompanhamento exclusivo

até à realização da escritura

Condições hipoteca
Condições hipoteca
  • Rendimento fixo e estável
  • Bom histórico de crédito
  • Dispor de aval ou garantia de pagamento
  • Não ter o nome no Banco de Portugal

Como encontrar o melhor crédito habitação?  

 

Depois de muito pesquisar e visitar imóveis à venda, finalmente encontrou a casa ideal? Agora é hora de dar os primeiros passos para encontrar o melhor crédito habitação para si. Além de consultar o seu banco, sugerimos que compare propostas de diferentes entidades bancárias para encontrar a ofertas com melhores condições para o seu perfil. Para isso, recomendamos que utilize ferramentas que lhe ajudem nesse novo processo. Um simulador de crédito habitação ou um comparador financeiro, por exemplo, são ferramentas gratuitas que poderão ajudar-lhe a escolher o crédito habitação mais barato.

 

Ao utilizar um comparador de crédito, como o da Kreditiweb, poderá encontrar o melhor crédito habitação para o seu perfil financeiro, nas instituições de crédito onde terá maiores possibilidades de ter o seu crédito aprovado. Para isso, basta seguir os seguintes passos:

 

  1. Acesse o portal Kreditiweb e preencha um breve questionário com perguntas referentes ao financiamento que pretende e ao seu perfil financeiro. Essas informações são importantes para que a nossa ferramenta possa identificar as ofertas que melhor se adaptam ao seu perfil financeiro.

  2. Receba uma seleção de ofertas personalizadas para o seu perfil financeiro, nas instituições de crédito onde terá maiores possibilidades de conseguir aprovação. Nesta fase poderá aceitar ou recusar as ofertas oferecidas, para analisar e comparar na etapa seguinte. Não se preocupe, ao “aceitar” as ofertas nesta fase, não estará a contratar nenhum crédito.

  3. Após selecionar as ofertas que mais lhe interessaram na fase anterior, poderá simular o seu crédito no site de cada instituição financeira escolhida. Dessa forma, poderá comparar as condições das diferentes ofertas para encontrar o melhor crédito habitação para si, nas instituições financeiras onde terá maiores possibilidades de ter o seu crédito aprovado. 

 

Se precisa de crédito hipotecário, de crédito automóvel, de cartão para viajar, de crédito pessoal rápido ou de crédito consolidado, poderá encontrar o produto financeiro ideal para si em apenas dois minutos e sem sair de casa. O serviço da Kreditiweb é rápido, online e totalmente gratuito.

 

O melhor crédito habitação para si será, sem dúvidas, o financiamento mais barato com prestações adequadas ao seu rendimento mensal. Entretanto, é preciso entender que o melhor crédito habitação para si, pode não ser o mesmo que para o seu vizinho, pois depende, primeiramente, da necessidade e do perfil financeiro de cada um. E para garantir que escolhe o melhor crédito habitação para a sua necessidade, é essencial conhecer as diferentes modalidades existentes no mercado.

 


 Ventajas  Descubra a melhor oferta de Crédito Habitação em Kreditiweb


 

Taxa fixa ou variável?

 

Uma das principais dúvidas de quem procura pela primeira vez um crédito para comprar casa, é se deve escolher taxa fixa ou variável. Conheça abaixo as principais diferenças entre a taxa fixa, variável e mista, bem como as vantagens de cada uma delas.

 

Taxa de juro variável

 

No crédito habitação com taxa de juro variável, a taxa depende da oscilação da Euribor, ou seja, o seu valor varia conforme a média das taxas de juros praticadas em empréstimos interbancários em euros. O spread é definido pelo banco no início do contrato e o cliente poderá escolher o prazo da Euribor (normalmente 3 ou 6 meses), cujo valor será revisto após o prazo escolhido. Dessa forma, a taxa a ser paga no crédito com taxa variável é o resultado da soma da Euribor (que sofrerá alterações consoante o mercado) e do Spread. A maioria dos créditos habitação contratados em Portugal tem taxa de juro variável.

 

Vantagens da taxa de juro variável

 

  • ▶︎ Juros mais baixos. Devido ao fator de risco das oscilações do mercado, o spread costuma ser mais baixo;

  • ▶︎ Maior prazo de pagamento, que pode chegar a um prazo de 40 anos. 

  • ▶︎ Mudanças na economia. Com as oscilações da Euribor, é possível conseguir reduzir consideravelmente as prestações mensais.

  • ▶︎ Redução do spread para clientes que contratem outros produtos financeiros (a depender da instituição bancária) 

 

Taxa de juro fixa

 

No crédito habitação com taxa fixa, a prestação não se altera durante o prazo do contrato, já que a taxa fixa não depende da oscilação da Euribor. 

 

Vantagens da taxa de juro fixa

 

  • ▶︎ Estabilidade, já que o valor da prestação será o mesmo durante todo o contrato;

  • ▶︎ Custo menor a longo prazo, graças aos prazos de devolução menores (Tipicamente 5 ou 10 anos).

 

Taxa de juro mista

 

A taxa de juro mista concilia um período de taxa de juro fixa seguida por um período de taxa de juro variável. O período de taxa fixa pode ir de 2 a 20 anos, e após esse período começa o período de taxa variável que se estende ate o final do contrato.

 

Vantagens da taxa de juro mista

 

A grande vantagem da taxa de juro mista é que esta modalidade une o melhor das taxas fixa e variável. Ou seja, com a taxa de juro mista poderá contar com a estabilidade da taxa de juro fixa por algum tempo e tirar partido das oscilações da Euribor, num período em que as taxas de juro estejam mais baixas. A desvantagem é que não podemos realmente prever qual será o valor da Euribor nos anos seguintes e, portanto, não oferece tanta estabilidade quanto a taxa de juro fixa.

 

Mas afinal, qual é a melhor opção, taxa mista, taxa fixa ou variável? Tudo depende da situação económico-financeira e das prioridades de cada um: para quem preza pela estabilidade financeira, melhor escolher a taxa fixa; quem prefere arriscar-se para conseguir prestações mais baixas, a taxa variável é a ideal. Além disso, o montante a ser financiado, o orçamento familiar, o tipo de emprego e se o imóvel será vendido depois de algum tempo são fatores que podem influenciar na decisão entre a taxa fixa ou variável

 

Agora que já conhece as principais diferenças entre a taxa de juro fixa e variável, confira abaixo como conseguir uma redução do spread do crédito habitação.

 

Como conseguir uma redução do spread do crédito habitação?

 

O spread do crédito habitação é um componente da taxa de juro definido individualmente por cada instituição financeira. Na prática, reflete a margem de lucro do banco sobre o contrato de crédito.

 

O valor do spread do crédito habitação é normalmente associado ao histórico do cliente, seus rendimentos, ao montante do crédito e às garantias apresentadas. Ou seja, os clientes que apresentam um menor risco para a instituição financeira poderão conseguir um spread do crédito habitação mais atrativo. Além disso, também é possível conseguir uma redução do spread no crédito habitação se puder dar um valor de entrada maior ou ao contratar outros produtos financeiros, como cartão de crédito, cartão de débito, seguros, produtos de poupança, entre outros.

 

É possível conseguir um crédito habitação com 100% de financiamento?

 

Sim, é possível conseguir um crédito habitação com 100% de financiamento em Portugal, no entanto, essa opção não está disponível para todos os clientes nem para todos os tipos de operações. Normalmente, a melhor forma de conseguir um crédito habitação com 100% de financiamento é através da compra de imóveis da banca. 

 

Tratam-se de imóveis que foram tomados pelos bancos devido ao incumprimento no pagamento do crédito de alguns clientes. Caso não queira comprar um imóvel da banca, poderá conseguir até um máximo de 90% de financiamento

 

Agora que já conhece as condições para conseguir um crédito habitação com 100% de financiamento, confira abaixo os principais aspetos a considerar antes de contratar o seu financiamento habitação.

 

Aspetos a considerar ao utilizar um simulador de crédito habitação

 

O simulador de crédito habitação é uma ferramenta online gratuita extremamente útil para conhecer e comparar as condições de cada oferta de crédito. Confira abaixo os principais aspetos a considerar ao utilizar um simulador de crédito habitação.

 

✔  Taxa de Esforço. Principal parâmetro calculado pelos bancos para descobrir qual é a percentagem do rendimento total do agregado familiar destinada ao pagamento das prestações de créditos. Para o financiamento habitação, a recomendação é ter no máximo 35% de taxa de esforço para ser aprovado pelo banco.

 
Taxa Fixa ou Variável. Se optar pelo crédito com taxa variável, lembre-se de que o valor da mensalidade pode mudar a cada 3, 6 ou 12 meses, pois essa taxa oscila consoante à Euribor. Por isso, verifique sempre o pior cenário das simulações de taxa variável, ou seja, acrescente 2% da taxa de juro para calcular se o seu orçamento mensal suportaria esse valor, caso a Euribor suba.

 
✔  FINE (Ficha de Informação Normalizada Europeia). A FINE consiste num documento que contém todas as condições da proposta de crédito, entregue obrigatoriamente pelo banco ao cliente que solicita um financiamento habitação. Nesta ficha constam todas as informações necessárias (tipo de taxa, TAE, spread, mensalidade, entre outros) para que possa analisar e comparar as propostas de diversos bancos. 

 
✔  TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global ). Taxa que soma todos os custos do crédito, ou seja, é o custo real do empréstimo. Pode ser utilizada para comparar ofertas de crédito com o mesmo ​​montante, prazo e modalidade de reembolso: o financiamento mais barato será aquele com a TAEG mais baixa.

 
✔  Outros custos. Convém também colocar todos os outros custos na ponta do lápis como, por exemplo, seguros, impostos, etc., pois estes podem causar uma grande diferença no valor total do empréstimo. 

 

Transferência do crédito habitação

 

Atualmente, a transferência de crédito habitação possibilita poupar muito dinheiro, especialmente para aqueles que adquiriram o financiamento entre 2011 e 2018, quanto o valor dos “spreads” chegou a superar os 3%, graças à crise económica. 

 

Com o aumento da concorrência no mercado nos últimos anos, o juro médio dos novos créditos habitação desabaram, fixando-se abaixo dos 0,9% em dezembro de 2020, um mínimo histórico desde o início da “guerra dos spreads”.

 

Entretanto, antes de pedir a transferência do crédito habitação, é essencial analisar as condições do novo crédito para garantir que a transferência do crédito habitação será realmente vantajosa. Confira abaixo os principais requisitos e aspetos a considerar na hora de simular a sua transferência de crédito habitação:

 

Estabilidade Financeira — A transferência do crédito habitação é, antes de mais nada, um novo contrato de crédito que ira substituir o anterior. Por esse motivo, é essencial comprovar novamente que tem uma situação financeira estável.

 

Taxa de esforço — No caso da transferência do crédito habitação, a taxa de esforço não deve superar os 33% do rendimento mensal familiar.

 

Taxas de juro — Ao simular a sua transferência de crédito habitação, analise e compare o valor do spread, a Euribor e a TAEG, para perceber se compensa mudar de banco.

 

Documentos para pedir um crédito habitação

 

É sempre importante verificar quais são as condições gerais junto à instituição bancária selecionada antes de solicitar o crédito. Abaixo listamos alguns documentos que costumam ser pedidos por quase todos os bancos. 

 
Documento de Identificação e Cartão de Contribuinte;
Última declaração de IRS e nota de liquidação;
Fotocópia dos últimos 3 recibos de vencimento;
✓ Declaração da entidade patronal;
Planta de localização do imóvel e do prédio ou fração;
Comprovativo de outros rendimentos.

 

Dicas para ter o seu financiamento aprovado

 

Depois de todas a pesquisa, reunião com o banco, análise de ofertas, escolha do crédito ideal e envio da solicitação, o pedido ainda pode ser recusado. Por isso, listamos 5 dicas para que tenha maiores possibilidades de ter o seu crédito aprovado Confira abaixo:

 Possuir uma boa estabilidade profissional. Os bancos necessitam de garantias e dão preferência a clientes que oferecem menor risco. 


Contar com um 2º titular. Solicitar o crédito com um segundo titular aumenta as possibilidades de ter o seu crédito aprovado. Isso porque a instituição financeira verá o risco diluído: caso algum dos solicitantes fique desempregado, por exemplo, o outro poderá continuar a pagar as prestações.


Exibir um histórico financeiro limpo. Como dito anteriormente, os bancos querem evitar o risco de incumprimento do crédito e, portanto, irão analisar o seu histórico financeiro antes de aprovar o seu crédito. Por isso, é importante que não tenha atraso no pagamento de créditos anteriores e que evite utilizar o descoberto da conta à ordem.


Possuir uma taxa de esforço baixa. Outro fator essencial para ter o seu financiamento aprovado é ter uma taxa de esforço abaixo dos 35%. A taxa de esforço indicara ao banco qual é a percentagem do rendimento total do agregado familiar destinada ao pagamento das prestações de créditos.


Dispor de um montante inicial para dar de entrada. Por lei, os bancos podem financiar até 90% do valor do imovel, no entanto, quanto maior o montante de entrada, maiores as possibilidades de ter o seu crédito aprovado. Isso por que o banco utiliza como referencia o rácio entre o valor do crédito e o valor da habitação. Quanto menor o rácio, maiores serão as possibilidades de ter o seu crédito aprovado. 

 

Perguntas frequentes 

 

1. Como escolher o melhor seguro de vida crédito habitação?

 

O seguro de vida crédito habitação é exigido pelo banco no momento da contratação do crédito. No entanto, não é obrigatório contratar esse seguro no mesmo banco. Sendo assim, poderá analisar e comparar diferentes ofertas para encontrar o melhor seguro de vida crédito habitação para si.

O seguro de vida crédito habitação pode ter diferentes coberturas facultativas, como a IAD (invalidez absoluta definitiva) e ITP (invalidez total e permanente). Confira abaixo as principais diferenças antes de escolher o melhor seguro de vida crédito habitação para si.

 

IAD (Invalidez Absoluta e Definitiva)

A cobertura do IAD engloba casos de doença ou acidente somente quando o assegurado fique impossibilitado de exercer qualquer atividade remunerada. O IAD é a opção mais barata, mas não é necessariamente o melhor seguro de vida crédito habitação, devido ao seguinte fator de risco: se o assegurado não puder comprovar a invalidez dentro de esses termos, terá que continuar a pagar as prestações do crédito habitação, mesmo que não possa trabalhar.

 

ITP significa Invalidez Total e Permanente

 

No caso da ITP, cobre casos de doença ou acidente em que se comprove clinicamente uma incapacidade de no mínimo 60%, a qual impossibilita o segurado de exercer a sua profissão. Apesar de ser a opção mais cara, o ITP pode ser o melhor seguro de vida crédito habitação para quem quer garantir que estará protegido em caso de incidentes.

Para encontrar o melhor seguro de vida crédito habitação, sugerimos que utilize um simulador para comparar as ofertas das diferentes seguradoras. Caso já possua um seguro de vida crédito habitação, saiba que pode mudar de seguradora sempre que o desejar.

2. O que é o crédito habitação jovem?

 

O Crédito Habitação Jovem é um tipo de financiamento com condições especiais para jovens adultos, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos. O Crédito Habitação Jovem oferece diversos benefícios visando facilitar a compra de um imóvel para jovens na faixa etária mencionada. 

Atualmente, apenas 4 bancos continuam a disponibilizar o crédito habitação jovem e cada um oferece condições e benefícios específicos. Entre os principais benefícios do Crédito Habitação Jovem destacam-se:

 

  • Bonificação no spread para clientes que contratem outros produtos financeiros em simultâneo;

  • Carência parcial de capital, que reflete na redução das prestações durante os primeiros anos de amortização.

  • Prazo máximo de 40 anos na taxa fixa ou variável;

  • Até 90% de financiamento sob determinadas condições;

  • Redução do spread e da prestação mensal ao associar o crédito habitação jovem à hipoteca dos pais.

 

O que é incapacidade de 60% no crédito habitação?

 

Para aqueles que têm declarada uma incapacidade de 60%, o crédito habitação poderá beneficiar-se de um regime de crédito bonificado. Confira abaixo as principais vantagens e requisitos para o regime de incapacidade de 60% no crédito habitação.

 

O regime de crédito bonificado à habitação para pessoas com deficiência (Lei n.º 64/2014) determina que pessoas portadoras de deficiência com grau de incapacidade igual ou superior a 60% possam celebrar contratos de crédito à habitação com condições mais vantajosas: bonificação na taxa de juro do empréstimo, com prazo máximo de 50 anos e um montante máximo de 190 mil euros destinados à aquisição, ampliação, construção ou realização de obras na casa ou à aquisição de terreno para construção de casa. 

 

▶︎ Incapacidade de 60% no crédito habitação: requisitos

 

  • Possuir uma declaração de incapacidade igual ou superior a 60%;

  • Ter mais de 18 anos;

  • O montante do crédito não poderá sobre passar os  90% do valor do imóvel;

  • O imóvel não pode ser adquirido para familiares da pessoa incapacitada;

  • O imóvel não poderá ser vendido durante um prazo de cinco anos após a data de celebração do contrato, salvo algumas exceções.

 

Considerações finais

 

Agora que já conhece os principais aspetos referentes ao financiamento habitação, já pode preparar-se para solicitar o seu crédito. Em resumo: Após encontrar o produto e instituição bancária ou financeira ideal através de um comparador de crédito, será necessário seguir alguns passos:

 

  • Escolher entre taxa fixa ou variável;

  • Conhecer bem o produto, as suas condições e todas as taxas envolvidas;

  • Cumprir com os requisitos mínimos do produto escolhido;

  • Ter, no mínimo, 20% do valor da avaliação do imóvel para dar entrada no processo de crédito (exceto para imóveis da banca com 100% de financiamento)

  • Reunir todos os documentos solicitados;

  • Dar início ao processo de solicitação.

 

Encontrar o crédito ideal pode parecer complicado, especialmente quando se trata de um financiamento com montantes altos e prazos tão longos como acontece com o crédito para comprar casa. O objetivo da Kreditiweb é ajudar-lhe nessa procura, e facilitar o processo para que encontre o melhor crédito para o seu perfil financeiro, sem ter de passar horas na fila do banco sem saber se terá o seu crédito aprovado ou não. Através da nossa ferramenta financeira online, encontrará as instituições financeiras onde terá maiores possibilidades de ter o seu crédito aprovado, poderá comparar as ofertas das diferentes instituições financeiras e escolher a mais interessante para si. 

 


 Ventajas  Descubra a melhor oferta de Crédito Habitação pela Kreditiweb!


 

 

Sobre Kreditiweb

 

A missão e o principal objetivo de Kreditiweb é ajudar-lhe a ganhar tempo para encontrar o melhor crédito para si.

Colaboramos com diferentes instituições bancárias e financeiras, desde as mais tradicionais até as mais alternativas. Sempre com a finalidade de encontrar a solução ideal para cada perfil financeiro.

 

 Sempre grátis

  Serviço personalizado

  Diversidade de produtos

 

 

Analisamos o teu perfil financeiro e te recomendamos os produtos que melhor encaixam com a tua situação e com as melhores condições do mercado.

  • Créditos desde 100€ e 500.000€
  • Compare créditos, financiamentos, cartões e mais.
  • Serviço personalizado
  • Comparamos mais de 50 bancos e financeiras
solicitar